Os vereadores de Barcarena participaram de mais uma reunião com a empresa Águas de São Francisco, na última quinta-feira, 3, na Câmara Municipal. Júnior Ogawa, Lúcia Nascimento, Padre Carlos Silva e Rudilene Magno, que acompanham as ações da concessionária desde a assinatura do contrato, estiveram presentes no encontro.

Entre os assuntos tratados estavam os desafios e os resultados que a concessionária já alcançou com as ações emergenciais nesses primeiros 60 dias de concessão. Os vereadores estão frequentemente alinhados à empresa, colaborando com informações, demandas e avaliando o desempenho da Águas de São Francisco.

“A reunião foi boa. Nós estamos acompanhando o processo desde o começo, é importante para esclarecer e sobre as ações que vêm sendo realizadas porque a população sempre pergunta. Isso mostra também a seriedade do trabalho da empresa”, avaliou o vereador Pe. Carlos Silva.

Nesta primeira fase a empresa está focada em duas frentes de trabalho: no estudo completo sobre o sistema de abastecimento de Barcarena e ações emergenciais em pontos críticos.

Entre vários resultados, os destaques ficaram para a Vila dos Cabanos, onde a produção que era de 147 m³/h passou para 285 m³/h, além da manutenção e reestruturação de outras partes do sistema como circuitos elétricos, tubulações da Estação de Tratamento de Água (ETA), das unidades de filtração e aeração, melhorando a eficiência no processo de tratamento da água.

O sistema Pioneiro, que abastece a comunidade do Murucupi, Laranjal e Pioneiro, passou de apenas 37 mil litros por hora, para143 mil litros de água por hora. Além de revitalização do sistema elétrico, urbanização e proteção das instalações.

No Arapari, a equipe conseguiu, em pouco mais de 24h de concessão, recuperar a produção do sistema, que passou de 37m³/h de água para 61m³/h.

As demais instalações receberam melhorias no sistema elétrico, proteção das instalações, reurbanização e melhorias operacionais.

Share Button